domingo, 2 de dezembro de 2007

INTRODUÇÃO

Até bem recentemente, ser cafajeste era o mesmo que não gostar de mulher. Os 'cafas' de outras eras deixavam bem claro o quanto desprezavam o sexo feminino. Misóginos ao extremo.

Não é nosso caso. Nós, os modernos, gostamos de mulher; ou melhor, de mulheres. Esse plural é que nos mata.

Os da geração passada batiam no peito e gritavam a plenos pulmões aquilo que eram. Não por orgulho, mas por afirmação. Tudo para fazer parte do grupo.

Nós, cafajestes modernos, não fazemos questão de fazer parte desta ou daquela turma. O importante, mesmo, é ter mulher por perto.

Fingimos gostar de poesia, bossa nova, artes plásticas ou qualquer outra coisa inescapavelmente intragável, tudo isso somente para faturar uma garota.

Muitas mulheres dizem que não gostam de cafajestes, mas isso é quase sempre mentira. Claro que gostam. Mulher odeia mocorongo, odeia homem bobo, odeia zé mané. Mas também não gostam de ser enganadas, não acham nada bacana estar ao lado de um espertalhão.

A equação parece complexa, mas na verdade é bem simples. Basta fazer um teatrinho. Somos cafajestes, elas bem sabem, mas fingimos que não. E pronto. Tudo resolvido.

O verdadeiro cafajeste moderno não se parece em nada com o 'antigo cafajeste'. Tudo bem que ambos pisam feio no tomate, mas cada qual em seu campo.

Enquanto os de antigamente eram machistas, misóginos e prepotentes; os de agora são gentis, carinhosos e companheiros. Só não conseguem ter apenas uma mulher.

Somos compreensivos em relação às complexidades femininas, como a TPM, a grande necessidade de chocolates ou mesmo o furor uterino provocado em grandes liqüidações. Pedimos, portanto, que as moças também saibam entender esse nosso jeitinho heterodoxo.

Daí ninguém briga.

8 comentários:

bobmacjack disse...

Olá, Mestre! Boa sorte na nova empreitada. Estarei sempre por aqui para manter-me atualizado na fina arte da cafajestagem moderna.

mpaschoal disse...

Perfeito este blog!!!

Já tinha catado as pérolas do mestre no site do gravata... mas agora ficou moleza!!!

clebin disse...

otimo blog
=D coisa linda de se ler ;*

Ceres disse...

Cafa, "citei" você no meu blog.

Clica no link do meu nome e dá uma olhada lá.

O nome do post é "Tipos de homem - O Cafa"

Manotrovio disse...

Putz, meu amigo, estou com um problema.

Eu sou (talvez fui, nunca se sabe) um cafageste. Ponto positivo pois as mulheres gostam.

Mas eu nascí em Santarém, estado do Pará, onde os habitantes são "carinhosamente" chamados de "mocorongos". Ponto negativo.

kkk.

Vou te citar no meu blog. Visita lá.

diariodeumurubu.blogspot.com

Andrea Mentor disse...

Ah tah, sunday acompanha?!?!?

Guilherme Castelo disse...

Salve salve companheiro!!
Parabéns pelo blog! Muito bom mesmo!! hehehe!
Gostaria de sua autorizaçao para postar sua definição de "cafajeste moderno" no meu blog, devidamente creditado, claro! Acredito que nem eu como escritor teria conseguido uma definição tão boa!! heheh!
Grande abraço!
guilherme.castelo@gmail.com

Bandit disse...

Bandit...


70 pontos..
Gostei da critica contrutiva!!!
Vou desenvolver meu estilo cafajeste...
flw